Translate

sábado, 2 de dezembro de 2017

MEDIUNIDADE RESPONSAVEL

Allan Kardec ao descortinar o Mundo Invisível, não o fez sem que o raciocínio apurado estivesse a frente de suas pesquisas e nem sem que o Evangelho do Cristo fundamentasse a Sua Obra!

Médiuns!

Vossa responsabilidade e imensa!

Vossa caminhada não oferece flores por toda a estrada;

Vosso compromisso e gravíssimo;

Olhai para dentro de vos sempre;

Calai ante as criticas e o falatório desarrazoado;

Zelai pela correção doutrinaria não abrindo campo as investidas dos inimigos desencarnados da Doutrina que desejam imiscuir nos Centros do Espiritismo-Cristão, praticas que nada tem a ver com a simplicidade e pureza do Evangelho;

Acatai as orientações dos Benfeitores da Humanidade que deixaram suas Instruções através de varias mãos que, em conjunto com o Codificador trabalharam na Restauração do Cristianismo;

Disciplinai-vos em vossas reuniões, evitando conversações ruidosas no período anterior e também no posterior ao trabalho que se inicia antes e não termina apos o horário estabelecido para o fechamento da reunião no Plano Físico, Benfeitores vos aguardam para a sua continuidade no Plano Astral;

Buscai conduzir-vos no equilíbrio e, para isso, não esqueçais de orardes diariamente pelos irmãos sofredores que por vos mesmos e por companheiros outros trouxeram suas dores vivas para serem aliviadas;

Jesus vos aguarda por servidores fieis de Sua Vontade!

Dignifiquemo-nos para dignificarmos a Sua Obra!

Alberto, guia do médium
(Pagina recebida pelo médium Leonardo Paixão em reunião do Grupo Espírita Semeadores da Paz, Campos, RJ, no dia 20/11/2017).




quinta-feira, 30 de novembro de 2017

MENSAGEM DO ESPÍRITO BEZERRA DE MENEZES



Meus filhos!
Jesus conosco!

Além da noite brilha uma alvorada de Paz!

A Humanidade vive momentos de trevas, de caos, são as convulsões morais que Allan Kardec já antecipava no cap. XVIII - Sinais dos Tempos em sua obra "A Gênese - Os milagres e as predições segundo o Espiritismo".

A hora, meus filhos e filhas da Alma, é de testemunho. Não mais o testemunho de vossos próprios corpos, mas sim, os testemunhos de vossa coragem moral em não soçobrar ante as tempestades que se fazem e que se farão por ser movimento próprio à transformação que, mais que por fora, se faz no interior do homem.

Os Espíritos Benfeitores da Humanidade - aqueles mesmos que tertuliavam com Allan Kardec - estão atentos a este movimento de transição e contam com o não arrefecimento do ânimo dos discípulos de Jesus, que sois todos vós, a permanecerem em Sua Obra, deixando de lado visões pessoais em relação a tal ou qual assunto, bem como suscetibilidades próprias à personalidade que mais busca a própria satisfação do que o auxílio desinteressado ao outro.

Lembremos destas palavras do Cristo de Deus: "Meus discípulos serão reconhecidos por muito se amarem" - João, 13: 35.

Eis aí a força do Amor a tudo vencer, em nome de Deus.

Que Jesus e a Sua Mãe Santíssima nos abençoe e envolva em Sua Paz!

Bezerra de Menezes
(Página recebida pelo médium Leonardo Paixão em reunião pública do Grupo Espírita Semeadores da Paz, Campos, RJ, no dia 19/11/2017).

terça-feira, 31 de outubro de 2017

MENSAGEM DO ESPÍRITO ALBERTO

A Paz de Jesus conosco!

A Terra passa por momentos cruciais tanto em relação à sua transformação física quanto, especialmente, em relação à sua transformação moral que se faz em prol do homem pelo homem em si mesmo.

Estejamos preparados à luz do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo para que não sejamos pegos de surpresa diante do ladrão que não avisa hora nem dia que irá atacar - aqui o ladrão simboliza as tentações e a própria morte física em si mesma.

Estejamos atentos. Vigiemos e Oremos constantemente.

Alberto, guia do médium
(Página recebida pelo médium Leonardo Paixão em reunião de Tratamento Magnético no Grupo Espírita Semeadores da Paz, Campos, RJ, no dia 24/10/2017) 

terça-feira, 19 de setembro de 2017

domingo, 3 de setembro de 2017

LANÇAMENTO DO NOVO LIVRO VIRTUAL DO ESCRITOR LEONARDO PAIXÃO - NOVAS REFLEXÕES DOUTRINÁRIAS

Link para baixar o livro
http://www.oconsolador.com.br/editora/evoc.htm

Nosso último lançamento


Novas Reflexões Doutrinárias

De Leonardo Paixão
Editora: EVOC
Editora Virtual O Consolador

No e-book Novas Reflexões Doutrinárias, publicado pela EVOC − Editora Virtual O Consolador, o escritor e articulista espírita Leonardo Paixão, de Campos dos Goytacazes (RJ), que também já nos presenteou com a obra Reflexões Doutrinárias em 2015, continua com sua preciosa contribuição de estudioso, por meio de artigos sobre diversos assuntos doutrinários.
A obra foi estruturada de forma a que o leitor não precisa lê-la na ordem em que os capítulos se apresentam, podendo escolher o assunto que mais lhe chamar a atenção.
Análises do movimento espírita, mensagens mediúnicas, imortalidade da alma, acontecimentos recentes, eis alguns dos temas que o autor oferece à nossa análise.
O autor, além de importantes temas de abordagem, traz excertos relevantes sobre artigos e livros elucidando as muitas inquietações e questionamentos que nos visitam. É uma obra que traz mensagens de vultos importantes pela mediunidade de Chico Xavier, Yvonne Pereira e Divaldo Pereira Franco, entre outros.
Sempre é momento de iniciar a compreensão de que a vida é uma inquestionável, magnífica e infinita riqueza e há a eternidade para desvendá-la, compreendê-la, mas é necessário começar o trabalho e quanto antes, por meio de leituras, estudos e prática; então, o aprimoramento começará a desenhar-se.
Esperamos que as reflexões contidas nesta obra possam auxiliar o nosso pensar sobre a doutrina espírita e estimular nosso senso crítico, este tantas vezes esquecido por parte de muitos companheiros de lides espíritas.
A capa do livro foi gentilmente concebida e elaborada pela artista plástica Cláudia Rezende Barbeiro, a quem agradecemos.
 
 


Faça o download gratuito
 
 
 
Sugerimos o formato PDF para leitura ou impressão total da obra.
Para impressão ou recorte parcial da obra o formato Word é mais indicado. Conforme a versão do Word utilizada pelo leitor, podem, contudo, ocorrer problemas que alterem a configuração original do livro.

 


quarta-feira, 30 de agosto de 2017

DESEJO E LIBERDADE

A história do homem está recheada e plena de desejos. Em seu início, tivemos nos tempos primevos, o desejo de satisfação das necessidades básicas, especialmente, a do estômago, daí a prática constante da caça para que o homem pudesse estar tranquilo tendo o alimento que lhe supria o vazio do estômago bem como o mantinha vivo. E também à sua prole.
 
No decorrer da evolução humana, a fome e o sexo se desenvolveram em outras necessidades; o amparo protetor aos filhos, por exemplo, fez ver que cada tribo deveria se manter em um núcleo e, assim, foi iniciado o núcleo-máter que é o que dá origem à harmonia ou desarmonia em alguns setores da sociedade: a família.
 
Eros não é só desejo de prazer sexual, não é só amor erótico.
Eros é amor em desenvolvimento, culminando em ascensão sublime que nos trazem os exemplos dos santos e místicos que a História humana registra em seus anais.
 
Francisco e Clara de Assis são representações deste amor no seio religioso; o casal Curie detendo o radio, são exemplos deste amor na sociedade científica.
 
E é assim que vamos fazendo, construindo, reconstruindo a civilização, projeto evolutivo do Espírito que a cada passo se ergue colocando mais um degrau dourado na escada da Evolução.
 
Desejos desenfreados promovem o caos e daí as psicopatologias a assustarem os acadêmicos de Medicina e Psicologia.
 
Liberdade construída na responsabilidade que se traduz por vivência harmônica consigo para então se conviver bem com o outro, não esperando encontrar no outro o que, em si mesmo, falta, é o que fará que a solidariedade se faça e que o amor - Eros - em sua expressão sublime seja o direcionador do ser humano pela busca do real - e o real a que me refiro aqui é o Espírito, este viajor do tempo e do espaço que pleiteia uma única coisa: perfeição.
 
Herbert Marcuse
(Página recebida pelo médium Leonardo Paixão em reunião íntima do Grupo Espírita Semeadores da Paz, Campos, RJ, no dia 17/07/2017).